Connect with us

Dudu Auto

Volvo XC40 chega ao Brasil no início de 2018

Published

on

O novo Volvo XC40 vem para entrar na briga pela liderança do segmento de Suvs compactos de luxo, dominado por Audi Q3, BMW X1, Mercedes-Benz GLA e Range Rover Evoque.

O XC40 será apresentado mundialmente ainda neste ano e desembarca no país entre março e abril de 2018. Na faixa de R$ 150 mil a R$ 200 mil.

O modelo é o primeiro desenvolvido a partir da plataforma modular CMA (Compact Modular Architecture), a segunda do tipo dentro da marca – a primeira, chamada de SPA, já é utilizada nos novos XC90, S90 e V90.

A nova plataforma deve substituir os veículos que ainda guardam resquícios da parceria com a Ford, como o V40 atual. O design reforça os elementos dos últimos lançamentos dos suecos, como os faróis dianteiros no estilo Martelo de Thor, a ampla grade com filetes verticais e o formato de ferradura das lanternas.

 

Embora ainda não tenha revelado todas as motorizações, a marca sueca confirmou que uma delas será a 1.5 de três cilindros em linha. Derivada do motor 2.0 com turbocompressor utilizado atualmente pela Volvo, a nova opção terá versões a gasolina e híbrida – este último com 180 cv, associado a um motor elétrico de 74 cv.

Além de inserir a Volvo em uma categoria na qual a marca ainda não estava presente, o XC40 preencherá a lacuna deixada pelo novo XC60.

A segunda geração do SUV médio ficou mais requintada e mais cara também, partindo de R$ 235.950 na fase de pré-venda – a marca já anunciou um reajuste para R$ 239.950 a partir de setembro, data na qual as primeiras unidades começam a ser entregues.

Via: QuatroRodas

Continue lendo
262 Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dudu Auto

Volante do carro será a única coisa que você vai poder ser dono

Published

on

A Jaguar Land Rover, marca de carros de luxo, realizou nessa semana a primeira edição do seu Tech Fest, evento sobre tecnologia automotiva.

Umas das principal atração do evento foi um volante inteligente.

O volante se chama Sayer e, segundo a Jaguar, será a única parte de um carro que será de propriedade exclusiva do cliente no futuro. A ideia da empresa é que, dentro de alguns anos, carros autônomos serão compartilhados, de modo que o volante será a única parte que você poderá levar de um veículo para outro.

O Sayer é ativado por comandos de voz e armazena informações sobre o usuário, como destinos e rotas diárias, preferências e outras informações, tudo conectado à internet. Ao trocar de carro autônomo, o usuário apenas levaria seu volante junto e baixaria, através dele, todos os seus dados no veículo novo. Mas as funções do Sayer prometem ir ainda mais longe.

“Por exemplo, se o cliente precisa estar em uma reunião em um lugar situado a cerca de duas horas de viagem de sua casa, ele pode simplesmente pedir um veículo ao Sayer, do conforto de seu sofá, e o volante providenciará um modelo que vai até você de forma autônoma e que te leva ao seu destino”, sugere a Jaguar.

Além disso, o Sayer pode ser usado como um volante tradicional, quando o motorista quiser assumir o controle da direção do carro autônomo durante uma viagem. É claro que as mesmas funções do Sayer poderiam ser executadas por um simples smartphone, mas a peça, por enquanto, não passa de um conceito.

Ainda não existem carros autônomos para uso comercial e nem veículos compatíveis com a tecnologia do volante, mas o Sayer ainda serve como uma proposta para o futuro da mobilidade imaginado pela Jaguar. O objetivo da empresa, porém, é transformá-lo em realidade nos próximos anos. O nome da peça é uma referência a Malcolm Sayer, designer da Jaguar entre 1951 e 1970.

Continue lendo

Dudu Auto

Tesla vai lançar seu próprio serviço de streaming de música “TTunes”

Published

on

Não é de agora que os rumores sobre a Tesla criar o seu próprio sistema de streaming de musica, e agora parece que realmente isso vai acontecer.

Segundo o site Electrek, na última atualização de software liberada pela montadora uma linha de código revelou que, no novo cliente do o sistema da Tesla, existe uma aba com o nome de “TTunes”, que fica próxima a outras relacionadas a música, como streaming, radio e TuneIn. Isso reforça informações recentes de que a empresa havia se reunido com algumas gravadoras para falar sobre licenças para o suposto serviço.

A Tesla disse, na ocasião, que estava só buscando atingir a felicidade máxima para os clientes. “Acreditamos que é importante ter uma experiência excepcional dentro do carro, então nossos clientes podem ouvir a música que eles quiserem da fonte que escolherem”, afirmou a companhia.

A montadora de Fremont ate o momento não se pronunciou a respeito da nova descoberta do TTunes.

Fonte: Tecmundo

Continue lendo

Destaques

Copyright © 2023 Dudu Rocha

www.bugunmersin.com