Tag Archives google


Google tem mais problemas relacionados à violação de privacidade


Parece que o Google anda querendo saber demais sobre os usuários, por isso, a empresa pode ter mais problemas relacionados à violação de privacidade.

Infelizmente as notícias sobre a pauta em questão não são boas para o Google, a gigante de Mountain View está sendo processada mais uma vez por cometer violação de privacidade.

Sabemos que tem uma grande polêmica sobre a forma que a empresa em questão explica as condições e termos de privacidade aos usuários, a função Location History por exemplo, é uma delas.

A Location History tem como objetivo manter o registro dos locais visitados ao longo do dia, e no site oficial da empresa a forma como a função estava explicada era enganosa.

O Google afirmava que “com o histórico de localização desativado, os locais que visitar não serão armazenados”, porém isso não acontece, e mesmo com a opção desativada, outras aplicações e serviços continuavam a guardar os registros de localização dos usuários.

Após a repercussão negativa, o Google atualizou a página rapidamente, explicando que “para desabilitar por completo o registro de localização, os usuários precisam realizar alguns passos extras para que as restantes aplicações parem de guardar o registro da localização.”

Mesmo após a empresa atualizar a página, um usuário de São Francisco, EUA, decidiu dar início a um processo jurídico conta o Google, Napoleon Patacsil, afirmou que sem qualquer sombra de dúvidas, a empresa continua a violar as leis de invasão de privacidade do estado da Califórnia.

O processos podem não dar em nada, e se dar por encerrado rapidamente sem causar quaisquer danos, o processo iniciado por Patacsil envolve detalhes que afetam tanto os usuários de Android quanto os de iOS.

Google Maps, Mobile App can be seen on a mobile phone. (Photo by Nasir Kachroo/NurPhoto via Getty Images)

Sendo assim, a empresa pode estar exposta a milhões de processos judiciais nos EUA, podendo ainda se estender aos países europeus.

 

Fonte


Google Pretende colocar Stories no YouTube


Os Stories que ficaram conhecidos no SnapChat mudaram o foco de diversas redes sociais, como por exemplo o Instagram.

Após o WhatsApp incrementar os stories, o Facebook é o Messenger também não ficaram pra trás, e logo após, o Instagram aderiu.

Isso fez com que o próprio stories do Snapchat perdesse a credibilidade, hoje em dia, pouquíssimas pessoas são adeptas do aplicativo.

Agora, é a vez do YouTube, o Google decidiu seguir a moda, e a empresa Mountain View tem o intuito de dar mais vida ao YouTube.

Já fazem alguns meses que o YouTube implementou a “timeline” ou publicação para os criadores, possibilitando que os YouTubers tenham um tipo de timeline, onde são feitas postagens de fotos, votações, vídeos e livestreams.

Agora, é a vez de o Google adicionar os Stories no YouTube, e a aplicação já se encontra em fase final, portanto logo estará disponível o Stories para os criadores do YouTube.

Os Youtubers conseguirão criar Stories através do botão de “adicionar vídeo”, e aí terá a opção de “criar uma história”.

Por enquanto não será possível fazer comentários ou responder às publicações dos Stories, porém em breve o Google trará essa opção.

Não é de se estranhar que o YouTube passa a ter essa possibilidade, levando em consideração que o Instagram aderiu o IGTV, logo o YouTube comprou a briga.

IGTV Agora o Instagram concorre com o YouTube )

Os criadores de conteúdo podem fazer dos Stories o “behind the scenes”, ou seja, u que rolou por traz das gravações, algo como visto em filmes que nos mostram os erros de gravações, isso também daria muito views e com certeza data muito mais audiência.

Ainda não se sabe a data de lançamento, mas os Stories do YouTube estará disponível para Android e iOS.

 

( YouTube Music )

 

Fonte


Google Pixel 3 XL Pode ter traseira em vidro


Espera-se que os smartphones Pixel 3XL e Pixel 3 sejam apresentados no início de Outubro desse ano.

Se a Google for fiel ao seu calendário, esses dois smartphones poderão serem apresentados ainda esse ano.

Rumores apontam para que possamos vir a conhecer a nova geração do PixelBook nessa mesma data.

Por enquanto tudo o que sabemos, é que a empresa apresentará dois smartphones de uma só vez, vamos falar sobre eles.

A diferença desses aparelhos está presente no design, tendo a mesmas configurações.

O modelo Pixel XL trará um display maior e um notch no topo do aparelho.

O AndroidPure nos mostrou capas de proteção para o Google Pixel 3 XL, além disso, as imagens nos revelam uma traseira totalmente em vidro.

Acredita-se que o aparelho terá uma mistura de vidro e metal em sua parte traseira. Lembrando que isso potencializa o carregamento sem fios.

Ele também pode ter um notch é uma configuração de câmera dupla na parte frontal do aparelho, e uma única câmera na parte traseira, juntamente com o sensor biométrico localizado no centro do aparelho.

 

Fonte


Confira a lista de aparelhos que poderão atualizar para o Android P


O Android P foi oficializado pela Google em seu evento Google I/O 2018 no início do mês de maio. Ainda que a liberação para o usuário final só deva acontecer no mês de agosto, temos em primeira mão a lista com os aparelhos de cada marca que que foram confirmados para a nova versão do sistema Android; Lembando que ainda é muito cedo, e podem ser feitas algumas mudanças nesta lista com o decorrer do tempo, porém estamos disposto a atualizar ela sempre que houver novidades.

Google

A linha Pixel ja é conecida como os “garotos-propaganda” de toda nova versão do Android, com os dispositivos mais recentes já podendo até mesmo usufruir de prévias da plataforma. Com isso, devemos ter todos os Pixel atualizados para o Android P na semana em que ele estiver disponível oficialmente.

  • Pixel
  • Pixel XL
  • Pixel 2
  • Pixel 2 XL

    Samsung

    A Samsung vem mudando sua política de atualizações, algo que ficou claro no Android Oreo e provavelmente será mantido para a geração P. Devido a isto, além dos flagships mais recentes devemos ter também alguns intermediários premium e intermediários mais básicos sendo agraciados com a nova versão, mesmo que demore um pouco para isso acontecer.

  • Galaxy S7
  • Galaxy S7 Edge
  • Galaxy S8
  • Galaxy S8 Plus
  • Galaxy S9
  • Galaxy S9 Plus
  • Galaxy Note 7 FE
  • Galaxy Note 8
  • Galaxy A6
  • Galaxy A6 Plus
  • Galaxy A8 (2018)
  • Galaxy A8 Plus
  • Galaxy J5 Pro
  • Galaxy J7 Pro
  • Galaxy J6
  • Galaxy J7 Duo
  • Galaxy J8

    Motorola

    A Motorola vem sendo bastante criticada por demorar para liberar atualizações do sistema em seus dispositivos, algo que era justamente o maior diferencial da marca nos tempos sob tutela da Google. Além disso, a empresa já confirmou que alguns lançamentos recentes não receberão a nova versão da plataforma, o que deixou muitos usuários desapontados.

  • Moto Z2 Play
  • Moto Z3 Play
  • Moto Z2 Force
  • Moto X4
  • Moto G5
  • Moto G5 Plus
  • Moto G5S
  • Moto G5S Plus
  • Moto G6
  • Moto G6 Play
  • Moto G6 Plus
  • Os recém lançados E5 e E5 Plus realmente não serão atualizados

    LG

    Infelizmente usuários de smartphones LG vivem na incerteza no que diz respeito a atualizações, sendo agraciados na maioria das vezes apenas os flagships mais recentes das linhas G e V, com raras exceções como o caso do K10 atualizado ao Android Nougat

  • G6
  • G7 ThinQ
  • V30
  • V30s ThinQ

    Asus

    A Asus foi uma empresa que mudou da água para o vinho no que diz respeito a atualizações, acertando o passo desde sua linha Zenfone 3 e conseguindo elevar bastante sua imagem com o público geral. Devido a isto, é bem provável que vejamos o Android P em todos os modelos das linhas Zenfone 4 e Zenfone 5, ainda que não se saiba quando isto acontecerá, já que a linha Zenfone 4 está demorando bastante para ser agraciada com o Oreo, assim como a família Zenfone 3.

  • Zenfone 4
  • Zenfone 4 Selfie
  • Zenfone 4 Selfie Pro
  • Zenfone 4 Pro
  • Zenfone 5
  • Zenfone 5 Selfie
  • Zenfone 5z

    Sony

    Outra empresa que vem se destacando em atualizações é a Sony, mesmo contando com um vasto portfólio devido à sua política de lançamentos para o nicho topo de linha. Isto torna bastante provável a atualização ao menos dos modelos lançados para as linhas XA e XZ de 2017 para cá, incluindo suas respectivas variantes.

  • Xperia XA1
  • Xperia XA1 Plus
  • Xperia XA1 Ultra
  • Xperia XA2
  • Xperia XA2 Ultra
  • Xperia XZ1
  • Xperia XZ1 Compact
  • Xperia XZ Premium
  • Xperia XZs
  • Xperia XZ2
  • Xperia XZ2 Compact
  • Xperia XZ2 Premium

    Nokia

    A Nokia pode ser vista como uma das parceiras mais próximas da Google na atualidade, o que é irônico se considerarmos que a companhia passou por maus bocados justamente por desconsiderar o Android e partir ao Windows Phone no início da década. Isto fez com que todo o novo portfólio da empresa fosse vinculado ao projeto Android One, o que por si só já garante a atualização ao Android P.

  • Nokia 1
  • Nokia 2
  • Nokia 2.1
  • Nokia 3
  • Nokia 3.1
  • Nokia 5
  • Nokia 5.1
  • Nokia 6
  • Nokia 6.1
  • Nokia 7
  • Nokia 7 Plus
  • Nokia 8
  • Nokia 8 Sirocco
  • Nokia X6
    Aí sim! HMD Global garante Android P para todos os modelos Nokia

    Oneplus

    A OnePlus toma muito cuidado para não dar passos maiores que as pernas, mantendo um portfólio enxuto para que dê conta de atualizá-lo pelo período sugerido pela Google. Devido a isto, podemos esperar que ao menos o OnePlus 5 e sua versão com tela 18:9 sejam agraciados, bem como o recém-anunciado OnePlus 6 que já está recebendo as primeiras prévias da nova versão do sistema.

  • OnePlus 5
  • OnePlus 5T
  • OnePlus 6

    Xiaomi

    A Xiaomi entretanto não liberou nenhuma informação sobre como vai funcionar o sistema de atualizações dela para o Android P, visto que ela tem o costume de falar apenas sobre atualizações da MiUi, então temos apenas uma lista de aparelhos que irão receber a MiUi 10, mas não foi informado qual será a versão do android para esses aparelhos.

  • Xiaomi Redmi Note 5 Pro
  • Xiaomi Redmi Note 5
  • Xiaomi Redmi Note 5A/5A Prime
  • Xiaomi Redmi Note 4/4X
  • Xiaomi Redmi Note 3
  • Xiaomi Redmi Y1/Y1 Lite
  • Xiaomi Redmi Y2
  • Xiaomi Redmi 5
  • Xiaomi Redmi 5A
  • Xiaomi Redmi 4
  • Xiaomi Redmi 4A
  • Xiaomi Redmi 3S
  • Xiaomi Mi Mix 2
  • Xiaomi Mi 6
  • Xiaomi Mi 5s/5s Plus
  • Xiaomi Mi 5
  • Xiaomi Mi 4
  • Xiaomi Mi 3
  • Xiaomi Mi Max 2
  • Xiaomi Mi Max
  • Xiaomi Mi Note 3
  • Xiaomi Mi Note 2
    A versão beta da MIUI 10 já está disponível desde meados de junho, enquanto a variante estável da ROM deve ser liberada no mês de setembro.

    E ai? o seu aparelho vai ser atualizado? Conta pra nós ai nos comentários!


  • Falando de Google Pixel 3 ….


    Provavelmente os modelos Pixel 3 vão contar com uma tela  ‘infinita’. Visto que essa até foi razão que a Google apresentou para a remoção da saída áudio de 3.5mm no ano passado.

    O mestre dos leaks ‘Evan Blass’ publicou no Twitter alguma informação quanto ao evento de lançamento destes aparelhos. A Google deverá introduzir bastantes gadgets com a marca ‘Pixel’, incluíndo o Pixel 3, Pixel 3 XL, segunda geração dos Pixel Buds e ainda um novo Pixel Watch.

    Durante muito tempo, a Google fez transparecer a ideia que tinha desistido do mercado de smartwatches. No entanto, recentemente mudou o nome do seu Android Wear para Wear OS, o que poderá indicar que afinal a gigante pretende continuar a sua luta.

    Tradicionalmente a Google costuma ter os seus eventos de lançamento em Outubro.


    Mediatek anuncia nova parceria com a Google


    Os processador da MediaTek são feitos para aparelhos intermediários e aparelhos de entrada, por isso tem um custo bem abaixo de um aparelho com um Snapdragon ou Exynos.

    Um smartphone para ter um bom desempenho, não necessita somente de um processador potente, isso também. Porém depende bastante do sistema operacional que está rodando no dispositivo.

    O Android Go é um projeto da Google para a criação de smartphones mais baratos, e com um desempenho bom.

    E agora uma nova parceria entre a MediaTek e a Google visa prover uma melhoria nos chipsets para o Android Oreo Go, o que possibilita as fabricantes produzirem produtos com menor custo e melhor usabilidade do sistema operacional Android. Alguns chipsets que servirão como alternativa para o Qualcomm Snapdragon Série 2xx já estão prontos para o Go edition, são eles MT6739, MT6737 e MT6580. Todos contando com processadores Quad-Core.

    Fonte


    Conheça o gerenciador de arquivos oficial da Google


    A Google é uma das empresas que mais investe no desenvolvimento de aplicativos para a plataforma Android, porém um dos apps que sempre fez falta por parte da Google é um gerenciador de arquivos.

    Para os usuários que estão acostumados com um Android mais “puro”, com poucas modificações, já deve ter sentido falta de um gerenciador de arquivos do próprio Android, que não tenha nenhuma propaganda, e não ocupe muito espaço no seu smartphone, como é o caso de outros gerenciadores.

    E parece que a Google está “finalmente” desenvolvendo o seu próprio aplicativo de gerenciamento de arquivos. O aplicativo chamado Files Go deriva da iniciativa do Android Go.

    Files Go é um aplicativo leve e oferece muitas funcionalidades como reunir todos os seus documentos, imagens, vídeos e áudios em pastas separadas. Há ainda a sugestão para que você remova aplicativos que você não utiliza mais, spams ou imagens duplicadas, tudo para liberar espaço e manter o sistema limpo.

    CONFIRA AO VÍDEO SOBRE O APP – EUROTECHBR

    Por enquanto o app não se encontra para download na Play Store, mas se você tiver interesse em adquirir a versão beta app, você pode baixar através do site “APKMirror”. O arquivo pesa apenas 10 MB.


    Pixel 2 supera Galaxy Note 8 e iPhone X em teste de câmera


    Aqueles que conhece de câmera de smartphone provavelmente já deve ter ouvido falar no DxOMark, um dos sites mais conhecidos de Benchmark e testes de câmera mobile.

    Recentemente o site divulgou a pontuação da câmera do iPhone X, Galaxy Note 8 e Pixel 2. Nos testes a câmera do iPhone X superou a do Galaxy Note 8 (que empatou com o iPhone 8). O Note 8 ficou com 89 pontos, enquanto o iPhone X ficou com 97 pontos.

    Porem o ranking e o primeiro lugar nesse teste vai para o Pixel 2, o novo aparelho da Google, que ficou com 101 pontos. Vale lembra que diferente do iPhone X e Galaxy Note 8, o Pixel 2 possui apenas uma câmera traseira.

    De acordo com a plataforma, o iPhone X “entrega imagens maravilhosas para entusiastas da fotografia em smartphones. É excepcional para fotos”,Porém o resultado final foi prejudicado pelo resultado“levemente menor para vídeo”.

    Fonte: TudoCelular

     


    Google promete que o Pixel 2 receberá atualizações do Android ate 2020


    Quando se trata de atualização do Android para smartphones, os aparelhos da linha Nexus/Pixel sempre saem na frente dos demais, pois se trata dos aparelhos criados pela Google, então eles são sempre os primeiros a receber as atualizações do Android.

    Um exemplo são os novos Pixel 2 e Pixel 2 Xl, que já venho com Android 8 Oreo de fabrica, enquanto os demais ainda estão recebendo, ou ainda vão receber atualização para essa versão do Android.

    Uma novidade que vai agradar ainda mais os fãs dos aparelhos da linha Pixel. Segundo a Google os novos Pixel 2 e Pixel 2 Xl vão receber atualização do Android ate 2020.

    Vale lembrar que a maioria das empresas disponibiliza atualizações para seus smartphones em um período de ate 2 anos.

    Fonte: OlharDigital


    Confira tudo sobre os novos Google Pixel 2 e 2 XL


    Nesta ultima quarta-feira dia (4), a Google anunciou a nova geração dos smartphones da linha Pixel, com os aparelhos Pixel 2 e Pixel 2 XL.

    O design do aparelho não muda muito da versão anterior do Pixel. E o design é praticamente igual ao dos vazamentos que teve ao longo desse ano.

    Apesar do design do Pixel 2 e 2 XL serem iguais, os aparelhos tem os seus diferenciais. Começando pelo Pixel 2 XL que tem 6 polegadas e vem com uma tela 2K, com proporção 18;9, deixando o aparelho com a parte frontal quase toda em tela, com pouquíssimos bordas, diferente do Pixel 2 que tem 5 polegadas e vem com uma tela FullHD e com proporção padrão 16;9. Alem do tamanho, Essa são as principais diferenças do Pixel 2 Xl e Pixel 2.

    Sobre o design os celulares contam com uma carcaça feita praticamente toda em metal, com apenas uma “janelinha” de vidro na parte superior traseira. Em algumas das cores em que o celular será vendido, o botão power tem um tom destacado. O leitor de digitais permanece na parte traseira do aparelho, assim como na geração passada.

    Vale lembrar que os novos Pixels não tem mais o conector 3.5mm para fones de ouvidos. Como a Google lançou seu próprio par de fones de ouvido sem fio no mesmo evento, talvez esse seja um dos motivos que levou a empresa a remover o conector.

    Os novos aparelhos vem com certificação IP67 para resistência a água e poeira, mas não são à prova de água.

    Câmeras

    Os novos celulares da Google não tem um sistema duplo de câmeras na traseira. Temos o tradicional sensor único na parte de traz. São 12,2 MP com estabilização óptica e abertura f/1.8. As câmeras de selfie nos dois telefones são exatamente as mesmas que os equipam na parte de trás.

    Segundo a avaliação do DxOMark, esta é a melhor câmera mobile do mundo, tento atingido 98 pontos na escala dessa publicação para qualidade de vídeo e foto.

    A Google falou sobre o HDR+ melhorado, bem como do seu novo esquema para foco automático, recursos que devem fazer as imagens do Pixel 2 e 2 XL terem uma aparência realista e sem muita discrepância entre as áreas mais escuras e mais claras.

    Mesmo tendo apenas um sensor na parte de trás, a Google conseguiu entregar um bom modo retrato nesse smartphone. Como a câmera foi construída no padrão Dual-Pixel, em que cada pixel do sensor tem um gêmeo e captura as imagens de uma perspectiva micrometricamente diferente. Com essa diferença e com os recursos de inteligência artificial do celular, a Google conseguiu entregar um desfoque capaz de evidenciar a profundidade no campo da imagem e, com isso, desfocar a parte de trás. Esse recurso está disponível tanto para a câmera de trás quanto para a da frente.

    A empresa afirmou que os novos Pixels são os primeiros smartphones do mundo a usar estabilização óptica e por software ao mesmo tempo para a captura de vídeos.

    Software

    Como os aparelhos são da Google é evidente que sempre estarão na ultima versão do Android. Os novos Pixels vem com Android 8 Oreo de fabrica.

    Uma novidade legal é o recurso Active Edge, que permite ao usuário apertar as bordas do celular e com isso abrir Google Assistente.

    O Google Lens chegou em fase de testes nos novos Pixels. Com isso, as pessoas podem usar a câmera do celular para reconhecer escrita em praticamente qualquer língua, fazer traduções, encontrar contextos, reconhecer pessoas famosas e obter informações presentes em cartazes e por aí vai. Apesar de ser beta, a empresa afirma que o software já tem 95% de precisão em seus resultados.

    Disponibilidade

    Os novos Pixel não devem chegar ao Brasil, mas, nos EUA, eles já estão em pré-venda. O modelo menor, o Pixel 2, custará US$ 649, o equivalente a R$ 2.029 na cotação atual desconsiderando impostos. Isso para a versão de 64 GB, a de 128 GB sairá por US$ 749 (R$ 2,3 mil). Esse modelo será vendido em preto, branco e “meio azul”. Já o Pixel 2 XL terá o preço inicial de US$ 849 (R$ 2,6 mil) para a versão de 64 GB. A versão de 128 GB tem o preço inicial de US$ 949 (R$ 2,9 mil). O modelo maior fica apenas no preto e no branco. As entregas começam nos EUA no dia 17 de outubro.

    Fonte: Tecmundo