CategoriaAplicativos


Facebook Watch novo concorrente do YouTube


O Facebook Watch já foi lançado há cerca de um ano nos EUA, e o aplicativo parece ser concorrente do YouTube.

 

 

 

Para utilizar o Facebook Watch basta clicar no ícone de televisão com um sinal de play, logo que clicar, o Facebook já lhe dará os vídeos com base no seu interesse.

Em outra seção, são apresentados os vídeos de páginas e usuários que você segue, você também tem a opção de personalizar as agonias que gostaria de ver os vídeos mesmo que não seja uma page que você segue.

Outra coisa interessante, é que o Facebook Watch tem a opção de marcar vídeos para ver depois, e pretende implementar muito mais novidades.

Apesar de o Facebook Watch estar disponível em todos os países, ele ainda não consegue competir com o YouTube.

O objetivo é tornar o Facebook uma plataforma de vídeos interativa, por isso, será possível se juntar às “festas watch”, e à diversos tipos de conteúdos, creio que semelhante ao que acontece no vídeo ao vivo do Instagram.

https://www.facebook.com/facebook/videos/2212492925662064/

 

Fonte


Google tem mais problemas relacionados à violação de privacidade


Parece que o Google anda querendo saber demais sobre os usuários, por isso, a empresa pode ter mais problemas relacionados à violação de privacidade.

Infelizmente as notícias sobre a pauta em questão não são boas para o Google, a gigante de Mountain View está sendo processada mais uma vez por cometer violação de privacidade.

Sabemos que tem uma grande polêmica sobre a forma que a empresa em questão explica as condições e termos de privacidade aos usuários, a função Location History por exemplo, é uma delas.

A Location History tem como objetivo manter o registro dos locais visitados ao longo do dia, e no site oficial da empresa a forma como a função estava explicada era enganosa.

O Google afirmava que “com o histórico de localização desativado, os locais que visitar não serão armazenados”, porém isso não acontece, e mesmo com a opção desativada, outras aplicações e serviços continuavam a guardar os registros de localização dos usuários.

Após a repercussão negativa, o Google atualizou a página rapidamente, explicando que “para desabilitar por completo o registro de localização, os usuários precisam realizar alguns passos extras para que as restantes aplicações parem de guardar o registro da localização.”

Mesmo após a empresa atualizar a página, um usuário de São Francisco, EUA, decidiu dar início a um processo jurídico conta o Google, Napoleon Patacsil, afirmou que sem qualquer sombra de dúvidas, a empresa continua a violar as leis de invasão de privacidade do estado da Califórnia.

O processos podem não dar em nada, e se dar por encerrado rapidamente sem causar quaisquer danos, o processo iniciado por Patacsil envolve detalhes que afetam tanto os usuários de Android quanto os de iOS.

Google Maps, Mobile App can be seen on a mobile phone. (Photo by Nasir Kachroo/NurPhoto via Getty Images)

Sendo assim, a empresa pode estar exposta a milhões de processos judiciais nos EUA, podendo ainda se estender aos países europeus.

 

Fonte


Instagram mudará o feed em breve


O Instagram está testando uma nova função ao feed dos usuários, função essa, que apresenta publicações de usuários que você não segue, para poder assim medir o seu possível interesse.

Sabemos que esse tipo de mudanças “apresentar feeds indesejados” não traz um bom Feedback e tem um efeito negativo dos usuários.

Mas dessa vez o Instagram promete fazê-lo de modo diferente, sendo assim, as sugestões não devem aparecer antes que o usuário visualize todas as publicações de um perfil específico.

A função ainda se encontra em fase de teste, portanto, ainda não se sabe se chegará para todos os usuários.

O algoritmo basicamente faz uma análise das pessoas que o usuário segue, bem como as fotos e vídeos que o usuário curte, e com base nessas informações ele gera as sugestões.

Ou seja, as sugestões são baseadas na sua atividade, e isso não é muito diferente do que acontece hoje em dia, porém, publicações mais relevantes sempre estão em destaque, portanto, os feeds mais populares sempre aparecem.

Essas sugestões no final do feed deve afetar mais especificamente os usuários que não seguem muita gente.

A idéia parece excelente para ajudar os novos membros a encontrar feeds interessantes, além de os antigos a se manterem nas sugestões com base em pessoas e feeds relacionados.

O Instagram anunciou o teste ontem, e ele busca recolher opniões sobre a nova função em questão, se Feedback for positivo, a função estará ativa definitivamente nas próximas semanas.

 

Fonte


Nome oficial do Android P será revelado em Agosto


A versão do Android P será revelado dia 20 de Agosto, pelo menos isso é que os mais recentes rumores da internet nos dizem.

Já falamos aqui no site sobre impossível nome real do Android P, logo após um funcionário da Huawei ter deixado escapar e contado para um cliente, ( Funcionário da Huawei revela nome do novo Android ).

O nome esperado até então é Android Pistachio Ice Cream, em português “Android Pistache”.

Isso vai se confirmar “ou não” já nesse mês de Agosto, e pela primeira vez na história, o Google disponibilizou a versão Beta para aparelhos “não Pixel”.

A versão Beta nos traz bastante coisas interessantes, porém só saberemos as capacidades e mudanças reais do Android P em seu lançamento, ( Preview do Android P ).

Além de mais fluído, o Android P é mais inteligente, o Google Assistant fará uma análise de como o usuário utiliza seu Smartphone, e, com base nisso, lhe trará sugestões de aplicativos mais usados.

Na conferência de apresentação do Android P foi revelada a “Digital Wellbeing”, e nela temos a possibilidade de sabermos quanto tempo passamos usando o Smartphone.

Os usuários também poderão bloquear determinados aplicativos caso não façam uso do mesmo por um longo tempo.

O Android P também terá o modo noturno, quando estiver à noite, ele ficará preto e branco, isso para não atrapalhar seus olhos e seu sono.

Já falamos aqui no site também, sobre o sistema que fará o instinto do Android, o Fuchsia, que tem como objetivo trazer um sistema mais limpo, e com isso, o sistema Android será instinto nos próximos 5 anos.

Confiram a postagem:
( Android pode ser extinto em 5 anos )

 

Fonte


Google Pretende colocar Stories no YouTube


Os Stories que ficaram conhecidos no SnapChat mudaram o foco de diversas redes sociais, como por exemplo o Instagram.

Após o WhatsApp incrementar os stories, o Facebook é o Messenger também não ficaram pra trás, e logo após, o Instagram aderiu.

Isso fez com que o próprio stories do Snapchat perdesse a credibilidade, hoje em dia, pouquíssimas pessoas são adeptas do aplicativo.

Agora, é a vez do YouTube, o Google decidiu seguir a moda, e a empresa Mountain View tem o intuito de dar mais vida ao YouTube.

Já fazem alguns meses que o YouTube implementou a “timeline” ou publicação para os criadores, possibilitando que os YouTubers tenham um tipo de timeline, onde são feitas postagens de fotos, votações, vídeos e livestreams.

Agora, é a vez de o Google adicionar os Stories no YouTube, e a aplicação já se encontra em fase final, portanto logo estará disponível o Stories para os criadores do YouTube.

Os Youtubers conseguirão criar Stories através do botão de “adicionar vídeo”, e aí terá a opção de “criar uma história”.

Por enquanto não será possível fazer comentários ou responder às publicações dos Stories, porém em breve o Google trará essa opção.

Não é de se estranhar que o YouTube passa a ter essa possibilidade, levando em consideração que o Instagram aderiu o IGTV, logo o YouTube comprou a briga.

IGTV Agora o Instagram concorre com o YouTube )

Os criadores de conteúdo podem fazer dos Stories o “behind the scenes”, ou seja, u que rolou por traz das gravações, algo como visto em filmes que nos mostram os erros de gravações, isso também daria muito views e com certeza data muito mais audiência.

Ainda não se sabe a data de lançamento, mas os Stories do YouTube estará disponível para Android e iOS.

 

( YouTube Music )

 

Fonte


Aplicativo da Samsung vai cuidar da sua pele


A Samsung pretende lançar um aplicativo que cuida da pele de seus respectivos usuários, e não, não se trata de um filtro como o Modo Beauty “graças à Deus”.

O aplicativo tem o objetivo de realmente cuidar da sua pele, mas como ?

Basicamente ele tem o objetivo de que os usuários evitem queimaduras e outros riscos, portanto, antes de tudo, ele detecta o tom da sua pele através da câmera do seu Smartphone.

Após ter detectado seu tom de pele, o aplicativo lhe apresenta seis tipos de tons de pele com base na sua, e lhe apresenta possíveis problemas como por exemplo, pigmentação feridas, espinhas manchas entre outras.

Como o objetivo do aplicativo é cuidar da sua pele, ele lhe fornece informações sobre como cuidar da sua pele em específico, juntamente com o tipo de protetor solar que deve ser usado pelo usuário, e por quanto tempo o mesmo fica exposto ao sol.

Para o aplicativo funcionar corretamente, também é necessário que o usuário tire uma foto de uma parte do corpo para mostrar a pele do corpo também, pode ser de unhas ou olhos por exemplo.

Isso serve apara que o aplicativo possa fazer uma comparação do seu tom de pele em partes diferentes do seu corpo, o pescoço por exemplo costuma ser mais escuro, ou mais claro, desse modo o aplicativo determina seu tom real, além de sua aparência de fato.

O mais legal, é que esse aplicativo faz uso da câmera frontal para detectar anormalidades da pele, como
Marcas, linhas de expressão, manchas e diversos possíveis problemas no rosto do usuário, com isso ele lhe fornece dicas sobre o que realmente precisa para cuidar e tratar sua pele.

Achei muito legal da parte da Samsung criar esse aplicativo, acredito que as mulheres em específico farão o uso contínuo do aplicativo.

Acredita-se também, que o aplicativo poderá surgir no Galaxy S10.


Usuários da Samsung não tem privacidade no Facebook


Já trouxemos aqui no site notícias sobre a privacidade do Facebook ( Patente do Facebook nos leva a questionar se estariam nos ouvindo ).

Hoje, a pauta não é apenas sobre as polêmicas permissões de privacidade da rede social, mas sim sobre a relação entre a mesma e os smartphones da Samsung.

Semanas atrás, alguns smartphones da Samsung estavam compartilhando a galeria de imagens com contatos de usuários sem permissão e sem notificar os mesmos.

A credibilidade do Facebook caiu muito após o escândalos do Cambridge Analytica.

O escândalo agora, traz a Samsung, e para o espanto de alguns, as duas empresas podem estar unidas na mesma causa.

Acontece que, alguns smartphones da Samsung, aparelhos específicos que rodam o sistema Android Oreo, não deixam o usuário definir as permissões de privacidade do Facebook, Messenger e Instagram.

O problema está presente em smartphones da Samsung que vem com o Facebook pré-instalado, e rodam o sistema Android Oreo.

Funções padrão de permissão de segurança de todos os sistemas incluindo o Android Oreo, dão ao usuário o poder de defini-las.

Essas funções estão ausentes em smartphones da Samsung que já chegam com as aplicativos como Facebook, Messenger e Instagram pré-instalados.

Sendo assim, os usuários não tem controle sobre o acesso dos aplicativos à sua câmera, microfone e galaria de fotos, para isso os aplicativos deveriam permitir permissão através de um pop-up é uma notificação na tela solicitando permissão, e cabe ao usuário ceder ou não.

Além de não notificar os usuários sobre as permissões dos aplicativos, os smartphones da Samsung mencionados acima “que vem com os aplicativos pré-instalados e rodam o sistema Android Oreo”, também não permitem que os usuários desativem e ou retirem essas permissões de acesso.

Ainda se não sabe se isso está acontecendo com todos os smartphones com os perfis citados acima, porém se você tem um smartphone da Samsung nessas condições, faça o teste e tente alterar as permissões desses aplicativos pré-instalados.

Esperamos que a Samsung lance uma atualização em breve corrigindo esse sério problema.

Facebook mostrará a localização das mensagens recebidas )

 

Fonte


YouTube Music


O YouTube Music lançará diversas funções nos próximos meses, além de ter a opção premium para competir diretamente com o Spotify.

O aplicativo terá uma melhoria na qualidade de música além de uma opção para definir a qualidade de áudio, e outra função de definir a qualidade de download ou streaming de vídeos.

O YouTube Music também vai disponibilizar aos usuários, a função para suporte de equipamentos sonoros, dentre outras funções.

Parece que a substituição do Google Play Music pelo YouTube Music vai levar um tempo.

O YouTube Music ainda permitirá que os usuários migrem sua biblioteca de musicas do Google Play Music para o novo serviço de streaming.


WhatsApp Trará novidades para Android


Atualmente o WhatsApp é o aplicativo mais usado entre Android e iOS, justamente por trazer uma possibilidade inimaginável há alguns anos atrás, que é se comunicar por mensagem a de texto, de vídeo, por voz, e enviar imagens gratuitamente, necessitando apenas da sua internet.

Para a alegria e a tristeza de muitos, o WhatsApp para Android dará a possibilidade de marcar como lida uma mensagem através da notificação, ou seja, você terá a possibilidade de marcar a mensagem como lida sem precisar abrir a janela de conversação.

Essa opção será útil caso esteja ocupado demais para responder mas quer que a pessoa saiba que você leu a mensagem, “mesmo sem ter necessariamente lido”.

No meu ponto de vista, ao mesmo tempo que pode ser útil para algumas pessoas, essa opção pode também causar transtornos, tendo em vista que você pode esquecer de ler a mensagem para responder depois, ou até mesmo causar algum tipo de desconforto nas pessoas por ter “lido” e não respondido “caso esqueça de responder”.

Você terá também a opção de responder através da notificação, isso não é exatamente uma novidade, sabemos que podemos fazer isso através da notificação de tela antes que a mensagem desapareça. Porém, quando respondemos dessa maneira, a mensagem não fica marcada como lida, apesar de ter sido respondida.

Essa nova versão do aplicativo deverá chegar em breve para Android.

Fonte


O Facebook mostrará a localização das mensagens recebidas


O Facebook Messenger está trabalhando em uma função que nos revela a origem das mensagens recebidas por “não amigos”.

Isso já faz com que pessoas que recebem muitas mensagens de contas fakes, respirem aliviadas ao poder ao menos ter um palpite com base na localização da mensagem recebida. Pelo à mim essa função além de muito interessante seria muito útil.

Além disso, você terá a possibilidade de saber outras informações interessantes, uma delas é se a mensagem foi enviada recentemente, e se o remetente usa o messenger sem ter uma conta no Facebook por exemplo.

Outras informações como o País de origem do número que foi vinculado ao messenger, “se registrado” e se a conta foi criada recentemente !

Para reforçar ainda mais a segurança o Facebook também nos notificará caso alguém tentar se passar por um amigo !
Isso ajudará muito as pessoas que têm suas fotos roubadas por contas fakes.

Essa função já está sendo testada por algumas pessoas, o Facebook está focando em combater fraudes em sua plataforma.

Nos resta saber se o Facebook ao disponibilizar essa função também disponibilizará outras funções de privacidade com base nas informações reveladas, como ter a possibilidade de ocultar a localização por exemplo, se isso acontecer caso o usuário tenha esse direito reservado, não vai adiantar muito.

O Facebook recentemente também anunciou que está trabalhando numa função para garantir a integridade dos usuários que passam muito tempo no Facebook

Your Time on Facebook mostrará quanto tempo passa no Facebook ).

Porém recentemente também falamos sobre a falta de privacidade no Facebook, onde estariam nos ouvindo sem o nosso consentimento.

( Patente do Facebook nos leva a questionar se estariam nos ouvindo ). Afinal, até onde o nosso direito é reservado e até onde ele é violado ?