CategoriaAndroid


ZTE Axon 9 Pro Design e especificações


A ZTE está de volta, e trouxe consigo o novo top de linha, o ZTE Axon 9 Pro, anunciado hoje em Berlim.

O Axon 9 Pro tem um notch muito semelhante do do iPhone X 2017, mas compensa com seu display FullHD+ AMOLED de 6,2 polegadas com 2248 x 1080 pixels.

O display tem suporte para o sistema “Axon Vision”, além de tecnologias interessantes, como a otimização de vídeo em movimento, que aumenta o conteúdo do vídeo para 60fps, inserindo frames extra nos conteúdos.

A ZTE adicionou em seu display o suporte para HDR10 além de um sensor RGB, sensor esse que reajusta automaticamente a temperatura de cor com base no ambiente.

Além disso, em sua parte traseira, o Smartphone tem um painel de vidro temperado, e suporta carregamento sem fio, ele também é resistente à água, tendo a classificação IP68, ele também é resistente à poeira.

As configurações de câmera do smartphone ficam por conta de uma configuração de câmera traseira dupla, com o sensor principal de 12MP e abertura f/1.75 com estabilização ótica de imagem, o sensor secundário é super grande angular de 20MP.

A câmera frontal para selfie e chamadas de vídeo, tem uma configuração de 20MP, a ZTE também implementou a IA “inteligência artificial” com capacidade de reconhecimento inteligente de movimento e facial.

O ZTE Axon 9 Pro também consegue fazer captura de sequências de movimento e vídeos em câmera lenta.

O top de linha vem com o chipset Snapdragon 845, com a capacidade de 6GB de RAM e 128GB de armazenamento e não tem slot para microSD.

Sua bateria é de 4000mAh, que aguenta um dia inteiro e completa a carga em menos de uma hora, o sistema é o Android Oreo 8.1, e será atualizado para o Android Pie.

O aparelho tem desbloqueio facial e um sensor biométrico, localizado na parte traseira, o Axon 9 Pro estará disponível na Alemanha no final de Setembro.

A China e a Rússia se juntaram como os mercados iniciais da nova aposta da ZTE.

Huawei e ZTE foram banidas da Austrália )

Conheça o novo Smartphone da ZTE )

 

Fonte

 


Sony Xperia XZ3 Design e especificações oficiais


O Xperia XZ3 foi oficializado hoje na IFA 2018 em Berlim, o Smartphone é semelhante ao XZ2, porém, tem diferenciais em suas especificações.

A Sony presentiou o Xperia XZ2 e o XZ2 Compact com um Design mais elegante, deixando de lado o design quadrado e trazendo um design curvo e mais moderno.

O design do Xperia XZ3 tem mais curvas em relação ao XZ2, além disso, o vidro do display fluí pelas extremidades, criando um visual mais natural.

Portanto, a Sony deixou os cantos mais curvos e encolheu as molduras superiores e inferiores, deixando assim, mais espaço para as duas caixas acústicas frontais, o aparelho não tem um notch.

Os materiais de vidro do Smartphone tem a proteção Gorilla Glass 5 na parte frontal e traseira, além de liga de alumínio.

O display do Xperia XZ3 tem 6 polegadas com a tecnologia OLED Bravia o painel é QHD+ com suporte para HDR, com isso o Smartphone fornece 11% a mais de área de visualização em relação ao Xperia XZ2.

O aparelho também tem slot para microSD e suporte para carregamento rápido, além de um sensor biométrico localizado na parte traseira.

O processador é o Qualcomm Snapdragon 845, com a capacidade de 4GB de RAM e 64GB de armazenamento, podendo ser expandido até 512 GB, o sistema é o Android 9 Pie.

No Xperia XZ3 notamos a ausência da saída de fone de ouvido, ao invés disso, tem classificação IP68, possui alto-falantes frontais estéreo S-Force além de tem suporte para o PS4 Remote Play.

A função Side-Sense, que pode ser acionada por um duplo clique na parte lateral ainda não deixou claro sua função, mas pode ser semelhante ao Active Edge do Google Pixel 2.

Ao contrário do Sony Xperia XZ2 Premium, o Xperia XZ3 não tem uma configuração de câmera traseira dupla, porém tem uma melhoria na câmera.

O novo Xperia Xz3 tem uma configuração de câmera única traseira, com o sensor de 19MP, capaz de capturar vídeo em câmera lenta a 960 fps em FHD, além de vídeo 4K HDR.

A configuração de câmera frontal para selfie traz um sensor de 13MP com uma lente f/1.9, além disso, agora o usuário consegue capturar selfies enquanto utiliza o modo Beauty e o modo Retrato ao mesmo tempo.

A Sony também trará a integração com o Google Lens para o Xperia XZ3, o Smartphone estará disponível no dia 17 de Outubro.

 

Fonte


Coolpad Cool Play 7C Conheça o Smartphone


Há aproximadamente um mês atrás, a Coolpad lançou o Smartphone Cool Play 7 na China, o Smartphone tinha um display com um notch.

Hoje, a empresa apresenta ao mundo o novo Cool Play 7C, com um display sem notch, a Coolpad é uma empresa Chinesa.

O Coolpad Cool Play 7C tem um design com a traseira em vidro temperado com curvatura dupla, medindo 149.7 x 70.6 x 8.65mm, seu peso é de 171 gramas.

O Smartphone é equipado com um display IPS de 5.5 polegadas, com a resolução HD+ de 720 x 1440 pixels, e a proporção de 18:9.

O processador é o MediaTek MT6750 que opera a 1,5 GHz, com a capacidade de 3 ou 4 GB de RAM e 32 ou 64 GB de armazenamento.

As configurações de câmara ficam por conta de uma câmera traseira com 8MP para fotos e vídeos, a frontal para selfie é de 5MP.

A bateria do Smartphone é de 2.500 mAh, além disso, ele tem um sensor biométrico em sua parte traseira, e o sistema é o Android Oreo 8.1.

O aparelho com IA “inteligência artificial”, e o assistente de voz faz uso desse recurso.

O Coolpad Play 7C tem a variação de três cores, sendo elas Diamond Black, Aurora Blue e Ruby Red, e estará disponível apartir do dia 04 de Setembro.

 

Fonte


Nubia Z18 chega dia 5 de Setembro


A Nubia finalmente anunciou a data oficial de lançamento do smartphone top de linha Nubia Z18, ( Nubia Z18 especificações ).

A informação foi transmitida pela Weibo, o Nubia Z18 será oficializado no dia 5 de Setembro, mesma data de lançamento do Honor 8X, Honor 8X Max e Honor Band 4.

O Smartphone terá um notch semelhante ao do Essential PH-1, e as informações da TENAA revelaram o Nubia Z18 com o display FullHD+ de 5,99 polegadas com a resolução de 1080 x 2160 pixels.

O processador do Smartphone é o Snapdragon 845, com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento em sua versão básica, e 8GB de RAM e 128GB de armazenamento na versão top de linha.

As configurações de câmera ficam por conta de uma câmera dupla na parte traseira do aparelho, com sensores de 24MP + 8MP, a frontal para selfie é de com 8MP.

Além de desbloqueio facial, o Nubia Z18 tem um sensor biométrico localizado na parte traseira, sua bateria é de 3350mAh, o sistema é o Android Oreo 8.1 pré-instalado.

Trouxemos detalhes sobre o Nubia Z18 )

 

Fonte

2


BlackBerry KEY2 LE chega dia 30 de Agosto


O BlackBerry KEY2 LE chegará já no dia 30 desse mês de Agosto, e hoje vamos falar um pouco mais sobre o aparelho.

Atualmente os teclado físico desapareceram do mercados de smartphones, mas a BlackBerry continua lançando aparelhos com teclado QWERTY físicos.

Depois do lançamento do KEY2 de classe média/alta, a empresa vai anunciar sua versão Lite com um preço mais acessível, o BlackBerry KEY2 LE.

O aparelho será lançado oficialmente na IFA 2018, já no dia 30 desse mês, o BlackBerry KEY2 LE vai será equipado com um teclado QWERTY físico, tendo uma barra de espaço, que funciona como um sensor biométrico.

Tudo indica que o aparelho terá um display de 4,5 polegadas com a resolução “quase” FullHD de 1080 x 1620 pixels.

O chipset do aparelho é o Snapdragon 636 octa-core que opera a uma frequência máxima de 1,8 GHz, a capacidade é de 4GB de RAM e 32 ou 64 GB de armazenamento.

A parte traseira é de plástico, e provavelmente terá uma configuração de câmera dupla com resoluções de 13 e 5 MP, a câmera frontal para selfie terá 5 MP.

A bateria do BlackBerry KEY2 LE é de 3000mAh, e esperamos que o aparelho tenha um preço realmente acessível ao bolso.

 

Fonte


Huawei Mate 20 Lite Design e especificações oficiais


Finalmente saíram as especificações oficiais de um dos smartphones mais esperados da linha Mate, o Huawei Mate 20 Lite.

Como devem saber, a empresa está preparada para lançar os próximos smartphones da série Mate, sendo eles o Mate 20, Mate 20 Pro e o Mate 20 Lite.

O Huawei Mate 20 Lite já se encontra disponível na Polônia, e este é a variante mais acessível dos três.

Vamos falar sobre as especificações do mesmo, o smartphone tem um display FullHD+ de 6,3 polegadas, com resolução de 2340 x 1080 pixels e a proporção de 19,5:9.

O Smartphone tem um notch no display, isso aumentou a relação display/corpo para 81% comparado com os 76,5% do antecessor.

O Mate 20 Lite tem o chipset Kirin 710, e é o primeiro chipset da Huawei com tecnologia de 12nm, e oferece uma melhoria no consumo de energia e desempenho.

O chipset tem quatro núcleos Cortex-A73 que operam a 2,2GHz e quatro núcleos Cortex-A53 que funcionam a 1,7GHz. A placa gráfica é uma ARM Mali G5 e é 1,3 vezes melhor que o Kirin 659 e 1x mais eficiente em termos energéticos.

O aparelho tem a capacidade de 4GB de RAM e 64GB de armazenamento, além de slot para microSD de até 256GB.

As configurações de câmera do Mate 20 Lite se dão por conta de uma câmera dupla traseira, centralizada na vertical na parte superior do aparelho, com o sensor primário 20MP e abertura f/1.8, e o secundário de 2MP.

A câmera frontal para selfie tem uma configuração de câmera dupla, com o sensor primário de 24MP e o secundário de 2MP.

Além do Smartphone ter desbloqueio facial, ele tem um sensor biométrico na parte traseira, logo abaixo das câmeras.

O Mate 20 Lite tem Dual SIM com suporte para NFC, além disso, a empresa substituiu a porta micro USB pela USB Tipo-C, o aparelho também tem suporte para Wi-Fi de banda dupla – 2.4GHz e 5GHz.

O sistema é o Android Oreo 8.1 juntamente com o EMUI 8.2 da empresa, o Smartphone tem a tecnologia GPU Turbo, a bateria é de 3,750mAh com tecnologia de carregamento rápido.

O Smartphone tem três opções de cores, sendo elas Preto, Dourado, e Azul, os Mate 20 e Mate 20 Pro e serão oficializados em Londres, no dia 16 de Outubro, já com o sistema Android Pie.

As empresas chinesas vem impressionando cada vez mais, e com sua versão “Lite”, o Smartphone em questão impressiona, ainda mais por ser a versão mais básica da linha Mate 20.

( Android 9 Pie Conheça todas as novidades )

 

Fonte


O clássico Motorola V3 pode voltar em 2019


Quem se recorda do Motorola V3 ? Também conhecido como Moto Razr V3, o aparelho pode renascer em 2019.

Tudo indica que o aparelho será reformulado e promete ser o primeiro smartphone dobrável da Motorola.

Já sabemos sobre a saga das empresas para ser a pioneira em Smartphone dobrável ( Xiaomi e OPPO Entram na lista de Smartphone dobrável ), agora, a Motorola tem o mesmo objetivo.

Eu particularmente tinha muitas saudades do meu V3, me lembro que na época ganhei de presente um V3 Pink, e era realmente lindo, o mais desejado da época.

Agora, uma patente revela que a Motorola está trabalhando com o mesmo intuito, além de a Samsung, Hisense, Huawei, Xiaomi, Oppo e LG, a Motorola também quer trazer a revolução com um Smartphone dobrável.

Os smartphones do mercado atual, a grande maioria tem o design semelhante ao iPhone X de 2017, e pouquíssimas empresas como por exemplo a Samsung, Nokia e LG fugiram disso.

A chegada dos smartphones dobráveis, além de revolucionária, mudará muito a perspectiva do design dos smartphones de várias empresas.

A Motorola está se preparando para renascer com
o Smartphone mais icônico, e poderá surgir como o primeiro smartphone “concha” com o display dobrável.

Na imagem nos deparamos com um aparelho comprido, com um display com molduras grandes e as extremidades na vertical, no centro tem duas dobradiças responsáveis pela capacidade de abrir/fechar o Smartphone.

A patente não revela nenhuma informação, mas acredita-se que o novo Motorola V3 ou Moto Razr chegará em 2019.

2018 foi o ano do notch e das câmeras duplas e triplas, tudo indica que 2019 será o ano dos smartphones dobráveis.

Me lembro como se fosse ontem das cores do V3, a minha escolhida foi o Pink, mas o aparelho tinha várias opções de cores, sendo elas Preto, Prata, Pink, Rosa claro, Roxo, Vermelho e uma versão Gold da Dolce & Gabbana.

 

Huawei quer sair na frente da Samsung em Smartphone dobrável )

 

Fonte


Huawei e ZTE foram banidas da Austrália


Após tomar o segundo lugar da Apple como a empresa que mais vende smartphones no mundo ( Huawei Ultrapassa Apple e é a segunda maior do mundo ), a Huawei foi proibida de entrar na Austrália.

E não foi só ela, a ZTE também está banida do país, não está fácil para as empresas chinesas, o governo Australiano anunciou que as operadoras do país estão proibidas de negociar tecnologias 5G da Huawei e ZTE.

A mesma medida já foi tomada anteriormente pelos Estados Unidos da América, as as empresas estão banidas de dois países.

A Huawei desabafou em sua conta do Twitter o desapontamento com o governo, pois se foram mais de 15 anos de parceria entre a empresa e as operadoras do País.

A proibição dos países se deu por conta de receio de espionagem, por mais que sejam ótimas empresas, as proibições tem uma lógica.

As empresas chinesas são obrigadas por lei a fornecer dados às entidades de inteligência dos países se solicitadas.

A razão por esse receio é simplesmente pelo fato de a China não viver propriamente em uma república como a conhecemos, produtos e serviços que falem mal do governo são proibidos.

O governo chinês exige acesso à tudo o que é possível e nem a Apple escapa, sendo assim, todas as contas iCloud dos clientes chineses estão em servidores da China abertas para o governo.

Inclusive o Google estava planejando um motor de pesquisa exclusivo para a China, onde o governo chinês teria a palavra final, isso gerou revolta à muitos funcionários da empresa que não concordam com o “modus operandi” do governo chinês.

É entendível que os países em questão tenham banidos as empresas citadas, tendo em vista que todos os dados do país poderiam estar nos servidores do governo chinês.

Huawei P20 Pro É reconhecido como o melhor Smartphone de 2018 )

Conheça o novo Smartphone da ZTE )

 

Fonte


Google tem mais problemas relacionados à violação de privacidade


Parece que o Google anda querendo saber demais sobre os usuários, por isso, a empresa pode ter mais problemas relacionados à violação de privacidade.

Infelizmente as notícias sobre a pauta em questão não são boas para o Google, a gigante de Mountain View está sendo processada mais uma vez por cometer violação de privacidade.

Sabemos que tem uma grande polêmica sobre a forma que a empresa em questão explica as condições e termos de privacidade aos usuários, a função Location History por exemplo, é uma delas.

A Location History tem como objetivo manter o registro dos locais visitados ao longo do dia, e no site oficial da empresa a forma como a função estava explicada era enganosa.

O Google afirmava que “com o histórico de localização desativado, os locais que visitar não serão armazenados”, porém isso não acontece, e mesmo com a opção desativada, outras aplicações e serviços continuavam a guardar os registros de localização dos usuários.

Após a repercussão negativa, o Google atualizou a página rapidamente, explicando que “para desabilitar por completo o registro de localização, os usuários precisam realizar alguns passos extras para que as restantes aplicações parem de guardar o registro da localização.”

Mesmo após a empresa atualizar a página, um usuário de São Francisco, EUA, decidiu dar início a um processo jurídico conta o Google, Napoleon Patacsil, afirmou que sem qualquer sombra de dúvidas, a empresa continua a violar as leis de invasão de privacidade do estado da Califórnia.

O processos podem não dar em nada, e se dar por encerrado rapidamente sem causar quaisquer danos, o processo iniciado por Patacsil envolve detalhes que afetam tanto os usuários de Android quanto os de iOS.

Google Maps, Mobile App can be seen on a mobile phone. (Photo by Nasir Kachroo/NurPhoto via Getty Images)

Sendo assim, a empresa pode estar exposta a milhões de processos judiciais nos EUA, podendo ainda se estender aos países europeus.

 

Fonte


Xiaomi Poco F1 Design e especificações oficiais


A Xiaomi fez a apresentação da sua sub-marca Poco em um evento em Nova Delhi, na Índia, neste mesmo evento, a empresa apresentou o primeiro top de linha Poco F1, que é um Smartphone com o Snapdragon 845 mais barato do mundo.

Seu preço e especificações indicam que ele veio para ofuscar outros smartphones como por exemplo o OnePlus 6 e o Honor 10, o Smartphone fez uma pontuação impressionante de 291.302 pontos no AnTuTu.

O Xiaomi Poco F1 tem um display IPS LCD com 6,18 polegadas, além disso ele é protegido por vídeo Gorilla Glass, e tem uma excelente relação display/corpo, seu visor tem brilho de até 500 nits.

O smartphone tem um notch, e o mesmo possui todos os componentes necessários, bem como câmera infravermelho, iluminação infravermelho, sensor de proximidade, fone de ouvido e câmera frontal.

Além disso, o aparelho tem reconhecimento facial, que cumpre sua função em 0,4 segundos, na parte traseira do aparelho encontra-se um sensor biométrico.

O display tem a resolução FullHD+ de 2246 x 1080 pixels, e a proporção de 18,7:9, sua traseira possui um chassis em policarbonato com revestimento rígido.

O Smartphone está disponível nas cores Preto grafite, Azul metalizado, e Vermelho, além disso, existe uma versão feita em fibra de Kevlar, que é um material altamente resistente, utilizado para produzir coletes à prova de bala.

A empresa usou o slogan “Master of Speed” para l
Xiaomi Poco F1, e o Smartphone tem o chipset Snapdragon 845, com 8GB de RAM LPDDR4X, e 256GB de armazenamento, além de slot para microSD.

Para prevenir problemas de aquecimento, os engenheiros da Xiaomi fizeram o uso de um dissipador de calor em cobre por cima do chipset do smartphone.

Basicamente, ele permite que o aparelho transfira calor a uma taxa mais rápida de 300%, já que está equipado com a tecnologia LiquidCool.

A bateria do Poco F1 é de 4.000mAh, e suporta a tecnologia Quick Charge 3.0, ele suporta 8 horas de jogo, cerca de 6 horas de vídeo FHD, e quase 31 horas de conversação e 15 dias em stand-by.

O Poco F1 tem uma versão modificada do MIUI, a Xiaomi prometeu que os smartphones da marca Poco seriam brindados com atualizações mais rápidas, ele inclui várias personalizações, como uma gaveta de aplicações.

O MIUI é personalizado com base no Android 8.1 Oreo, e foi otimizado para executar aplicativos mais rapidamente, além de oferecer uma navegação mais fluída, baseada em gestos.

As configurações de câmera se dão por conta de um câmera dupla traseira, com um sensor IMX363 de 12MP da Sony “emprestado do Xiaomi Mi 8”, e o outro de 5MP com focagem automática Dual Pixel e IA além de flash LED duplo.

A câmera frontal para selfie tem a configuração de 20MP “emprestado do Mi 8” e também tem IA “inteligência artificial”, que garante a captura de selfies melhores.

O Smartphone suporta 4G+ que combina diferentes frequências de rede para garantir uma conectividade mais rápida, VoLTE duplo, Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 5.0, GPS, USB-C e saída de áudio de 3,5 mm.

O Xiaomi Poco F1 tem variantes de 6GB de RAM e 64GB de armazenamento, 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, 8GB de RAM e 256GB de capacidade de armazenamento, além de o modelo Armored Edition com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento.

 

Fonte