Uma equipe de pesquisa da University of Central Florida desenvolveu uma nova superfície que permite o controle de subpixels individuais em uma tela. Isso significa que a resolução de nossas TVs, smartphones e outros eletrônicos pode triplicar do dia para a noite.

Os pesquisadores publicaram os resultados da pesquisa na Nature e explicam que o que fizeram é descobrir um método para controlar subpixels através da voltagem.

Em uma tela LCD tradicional, cada pixel possui três subpixels. Cada um desses subpixels controla uma de três cores: vermelho, verde e azul. Uma luz branca atrás do painel brilha através do pixel e o painel LCD controla qual subpixel deve estar visível.

Por exemplo, se o pixel deve ser azul, o painel LCD irá cobrir os subpixels vermelho e verde. Para deixar o pixel roxo, se cobre apenas o subpixel verde. Já a luz branca atrás dos pixels controla o nível de luminosidade de cada pixel.

Porém, a equipe demonstrou uma maneira de controlar a cor de cada subpixel individualmente. Ou seja, ao invés de precisar termos três subpixels para cada cor, na realidade cada um deles se torna um pixel completo já que é capaz de exibir qualquer cor.

Sendo assim, como cada subpixel fazendo o trabalho de três, a resolução de uma TV LCD, por exemplo, seria basicamente três vezes maior. Além disso, cada subpixel (ou nesse caso, pixel menor) estará ligado quando exibindo uma cor ou luz branca, tornando o brilho máximo das telas muito maior.

Agora os pesquisadores precisam aumentar o tamanho de suas demonstrações para mostrar que a nova tecnologia é aplicável à eletrônicos atuais, porém, não se espera que isso seja um problema.