Xiaomi mesmo ainda não trabalhando mais no Brasil ainda opera normalmente na China, e com isso ela tem alguns aparelhos à lançar agora neste ano. A empresa que nos trouxe aparelhos potentes, como o Xiaomi mi5, que você pode conferir o review aqui, está prestes a lançar novos aparelhos que vai dar vontade de importar de fora.

Em rumores, a Xiaomi está se preparando para lançar no mínimo 2 aparelhos este ano. O Xiaomi Redmi 4 a ser lançado dia 25 de agosto e o Xiomi Mi Note 2 no dia 5 de Setembro. O site Weibo na China cita também o que pode vir, assim como o preço de ambos os aparelhos. O Redmi 4 terá um upgrade do atual e virá com 3GB de RAM e 32 GB de memória interna e será vendido por ¥ 699 ( cerca de 330 reais na conversão direta sem impostos ). Outras informações sobre o aparelho cita um corpo de metal, uma tela de 5″ Full HD, leitor de digitais e uma enorme bateria de 4100mAh com suporte à carregamento rápido (fast charging), o que derruba qualquer aparelho intermediário no preço e no hardware.

No caso do Xiaomi Mi Note 2 que é dito ser lançado em setembro, o preço inicial começa em ¥2,499 ( cerca de 1200 reais na conversão direta sem impostos ) e vai até ¥2,799 ( cerca de 1300 reais na conversão direta sem impostos ). O aparelho mesmo não sendo tão caro quanto os aparelhos que recebemos este ano de outras fabricantes ainda contará com um hardware muito potente. Estamos falando de 6GB de RAM e 64 GB de memória interna na versão mais barata ou mantendo a mesma memória RAM, e 128 GB de memória interna na versão mais cara. Outras informações sobre o aparelho também cita o poderoso Snapdragon 812 da Qualcomm, tela Amoled com curvas nas extremidades, corpo de alumínio, um leitor digital e 3600mAh de bateria também com tecnologia fast charging.

O processador do Xiaomi Mi 4 também já apareceu no Geekbench que foi reportado pelo GSM ARENA, e de acordo com a postagem o aparelho terá um Snapdragon 625 da Qualcomm que vem com LTE Cat. 7, assim como os 3 GB de RAM citados anteriormente e rodando Android 6.0 Marshmallow.

Tudo indica que além de belo, esses dois aparelhos virão potentes para sacudir o mercado. Uma pena é estes aparelhos não chegarem mais às terras tupiniquins e nos forçar a possivelmente importar.

VIA: Gadgets 360 | Fonte : Weibo