Em fevereiro publicamos documentos da FCC, agência reguladora americana, mostrando que um aparelho da Motorola ainda não lançado havia passado por lá. O famoso vazador Roland Quandt publicou esses documentos em sua conta do Twitter se perguntando se seria um novo Moto E, um Moto C um aparelho de alguma outra família.

Já que as especificações eram de entrada, assumimos que se trataria de um novo Moto E. Parece que estávamos enganados e se trata do Moto C. Este mesmo aparelho (XT1750) passou pela agência de importação EAC da Rússia junto ao que seria o Moto C Plus (XT1754).

Os documentos da EAC são obrigatórios para produtos que entram no país, mostrando que eles estão de acordo com as regras da alfândega russa.

Não sabemos quando eles serão anunciados oficialmente pela Motorola, mas de acordo com rumores, haverá duas opções para o Moto C: uma 3G e outra 4G. Será que a Motorola realmente irá lançar no mercado um aparelho sem capacidades 4G? Parece loucura.

O Moto C 3G contaria com um processador 32-bit quad-core 1,3GHz da MediaTek e 8GB de armazenamento interno expansível via microSD. A versão 4G contaria com um processador 64-bit quad-core 1,1GHz também da MediaTek e 16GB de armazenamento interno expansível. A câmera da versão 3G supostamente é de foco fixo, enquanto a do 4G é de foco automático.

No mais, ambas versões chegariam com uma tela de 5 polegadas com resolução 854×480, câmera traseira de 5MP com flash LED, câmera frontal de 2MP para selfies e com flash próprio, 1GB de RAM e bateria de 2,350mAh.

O Moto C Plus também contaria com uma tela de 5 polegadas, apesar do nome, mas sua resolução seria de 720p. O processador seria um MediaTek 64-bit quad-core 1,3GHz, 2GB de RAM, 16GB de armazenamento expansível, câmera traseira de 8MP e frontal de 2MP, bateria de 4.000mAh e conectividade 4G.

Via: Theandroidsoul

Leave a Reply

Your email address will not be published.