Fuchsia

Google lança novo sistema operacional completamente open-source

Sem qualquer aviso prévio ou barulho, o Google lançou um sistema operacional completamente novo. Todo o código do projeto está disponível no GitHub sob o nome de Fuchsia.

Nos parece que o Google não fez qualquer pronunciamento oficial sobre o novo sistema operacional porque ele ainda está em suas fases iniciais de desenvolvimento. A descrição do projeto no GitHub diz apenas: “Rosa + Roxo = Fuchsia (um novo Sistema Operacional)”.

Brian Swetland, um dos Googlers envolvidos no projeto, afirmou que o projeto está público no GitHub antes de ser anunciado oficialmente porque será open-source, então “que seja desde o início”. Porém, não nos revelou sobre o que ele realmente se trata.

O que esperar do Fuchsia?

Quase tudo o que temos até o momento são especulações. Alguns acreditam que o Fuchsia será um sistema operacional voltado para a Internet das Coisas enquanto outros acreditam que ele substituirá o Android e ChromeOS no futuro.

O que sabemos é que o Fuchsia não utiliza um kernel Linux como o Android e ChromeOS, e sim o kernel Magenta. Assim como com o Linux -> Android, o Magenta torna o maior sistema operacional (Fuchsia) possível.

A vantagem é que o Magenta é um kernel bastante leve, mas que consegue lidar com tarefas pesadas. Ou seja, se torna uma opção melhor para produtos sem hardware poderoso (como uma câmera de segurança inteligente, por exemplo).

Também sabemos que o novo sistema operacional suporta processadores de 32-bit e 64-bit. Ele também estará disponível para Raspberry Pi 3 em breve.

Para todas as outras perguntas, teremos que esperar por algum pronunciamento do Google.

Anterior «
Próximo »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X