Um dos rumores mais frequentes sobre o Galaxy S8 era que ele teria um sensor de impressão digital embutido na própria tela. Conforme fomos aprendendo mais sobre o smartphone, ficou claro que essa tecnologia não estaria presente nele.

Já que o Botão Home definitivamente seria eliminado, a única solução restante foi enviar o sensor biométrico para a traseira. Porém, parece que os rumores iniciais estavam certos em pelo menos uma coisa: os planos da Samsung.

De acordo com o The Investor, a Samsung e a Synaptics, a parceira que trabalha com os sensores de toque, estavam já quase sem tempo para finalizar a tecnologia que seria utilizada no Galaxy S8. De acordo com as informações, a Samsung investiu muito dinheiro na Synaptics, mas os resultados não foram muito animadores.

Chegamos a publicar quando a Synaptics anunciou esse novo sensor que pode ser inserido logo abaixo da tela, mas infelizmente não deu tempo para ser uma das tecnologias do Galaxy S8.

Conforme a data de início de produção foi se aproximando, a Samsung teve que decidir deixar o leitor de impressão digital na tela de lado e o colocar na traseira.

Essa decisão foi uma das mais decepcionantes envolvendo o Galaxy S8. Ele parece ser um smartphone muito atrativo, possui bordas mínimas, com certeza será muito poderoso e sua câmera realizará capturas magnificas. Ah, e a Samsung resolveu manter a entrada de fone de ouvido.

Ou seja, parece mesmo que o único ponto negativo do Galaxy S8 e S8+ será a localização do seu leitor de impressão digital. Se isso será um fator determinante na hora da compra, não sabemos. Contudo, a Samsung está apostando alto no funcionamento do seu leitor de íris que estará presente no smartphone, o mesmo que estreou no Galaxy Note 7. Com ele, o leitor de impressão digital deixa de ser tão necessário.

X