Smartphones são a base do sucesso da Apple, sendo responsáveis por mais de 70% de seus lucros. Os 30% restantes também são em grande parte relacionados aos iPhones.

Por isso, não é pouca coisa quando Tim Cook comenta que Realidade Aumentada pode ser tão grande quanto o iPhone.

Em uma entrevista ao The Independent, ele menciona que a Realidade Aumentada é “uma grande ideia como o smartphone”, e que ela é direcionada a todas as pessoas. Ou seja, não é uma tecnologia voltada apenas para algum nicho específico da população.

“Eu levo [realidade aumentada] como uma grande ideia assim como o smartphone. O smartphone é para todos, não precisamos pensar no iPhone apenas para algum perfil demográfico, ou país ou mercado vertical. É para todos. Eu acredito que Realidade Virtual é tão grande quanto.”

Além disso, Tim Cook se referiu à Realidade Aumentada não apenas como um “produto” mas sim como uma tecnologia central. “Eu vejo AR como vejo o silicone em meu iPhone. Não é um produto em si, é uma tecnologia central”. Ou seja, algo que podemos ver integrado em outros produtos da Apple, em seu próprio ecossistema.

O CEO da Apple comenta que em seu entender, a grande vantagem da AR (Realidade Aumentada) é o fato do usuário não ser excluido do mundo ao seu redor, como acontece com a Realidade Virtual.

O que esperar da Apple?

Alguns rumores já sugeriram que a Apple irá investir em AR em seu próximo iPhone, incluindo câmeras e sensores que permitirão entender o ambiente.

Essa jogada está de acordo com o modo de operar da Apple, que frequentemente entrou um pouco “atrasada” em mercados para então dominá-los, trazendo um produto que corrige as falhas de seus rivais.

Até o momento, a empresa com o produto mais avançado em Realidade Aumentada é a Microsoft com seu HoloLens. Contudo, ele ainda tem um preço muito alto e é voltado para mercados específicos. A Apple, é claro, tentaria tornar a tecnologia algo para todos, assim como seu iPhone.

Apesar de todas as críticas que a Apple vem recebendo nos últimos anos pela falta de inovação, esse é o tipo de coisa que pode mudar tudo e colocar a empresa em novas direções.